Entenda seu cotovelo

O cotovelo é uma articulação que parece uma simples dobradiça. No entanto, existe uma complexidade dos movimentos e interação do cotovelo com o antebraço e punho. É fundamental mantê-lo saudável para realizar as atividades no dia a dia.

O cotovelo é formado por estruturas importantes:

Ossos e Articulações: são 3 ossos envolvidos - úmero (osso do braço), ulna (osso mais largo do antebraço) e rádio (osso do mesmo lado do polegar). Como é uma articulação em dobradiça, tem a função principal de fletir e estender, mas também é responsável por rodar o antebraço com a palma da mão para cima ou para baixo.

Cartilagem: é o tecido branco, liso e brilhoso que permite que os ossos se movam sem atrito.

Ligamentos: são tecidos que conectam um osso a outro mantendo a estabilidade. No cotovelo há importantes ligamentos: o ligamento colateral medial (na parte de dentro do cotovelo), o ligamento colateral lateral (na parte de fora) e o ligamento anular. Se eles são lesionados e não cicatrizarem corretamente, o cotovelo pode ficar instável.

Músculos e tendões: são responsáveis pela força de estender o braço, estender o punho, fechar os dedos e fletir o punho.

Nervos: são 3 principais - nervo radial, nervo ulnar e nervo mediano - responsáveis por levar as ordens do cérebro aos músculos do braço para realizar diversos movimentos e por identificar sinais sensitivos como toque, dor e temperatura.

Não é tão simples quanto parece, não é mesmo? Por isso, dores e lesões nas estruturas do cotovelo são melhor tratadas por um ortopedista especialista em ombro e cotovelo.

#anatomia